Sexta-feira, 14 de Setembro de 2012

QUINTELA ( Largo da Feira ) - ARMAMAR

tags: ,

publicado por Albano Nascimento às 20:35
link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Sábado, 19 de Novembro de 2011

FONTELO - Armamar

FONTELO - Armamar

FOTO de Albano Nascimento

sinto-me:

publicado por Albano Nascimento às 18:30
link do post | comentar | ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 6 de Setembro de 2011

SANTA COMBA DÃO . Viseu

SANTA COMBA DÃO - Viseu

 

FOTO de Albano Nascimento

As primeiras referências a Santa Comba Dão datam ainda do século X, quando a localidade integra o conteúdo de duas cartas de doação ao Mosteiro de Lorvão. Permaneceu durante mais de cinco séculos na posse dos Bispos de Coimbra, tendo recebido carta de foral apenas em 1514, das mãos de D. Manuel. Um primeiro pelourinho, conservado até finais do século XIX, terá sido erguido na sequência da atribuição do foral manuelino, estando hoje substituído por um monumento revivalista, cópia pouco fiel do original.
O pelourinho quinhentista, que uma fotografia contemporânea da sua destruição permite conhecer, era composto por um fuste torso, constituído por quatro toros lisos espiralados à esquerda, e rematado por ábaco circular e capitel decorado com motivos vegetalistas, onde assentava um pináculo cónico igualmente torso. Um pelourinho semelhante, feito de resto à sua imagem, pode ainda ser apreciado na vizinha localidade de São João de Areias. Estava erguido no largo fronteiro à antiga Casa do Concelho, hoje Largo Engenheiro Urbano, e foi destruído aquando da tentativa de transferência para o local actual, onde fica o edifício da Câmara Municipal de Santa Comba Dão. O monumento actual foi construído de imediato, pelo pedreiro João Lima, encarregado do falhado apeamento da picota. Embora se tenha desejado uma cópia do monumento manuelino, o resultado pode ser meramente entendido como uma evocação revivalista e pouco hábil do mesmo.
O novo pelourinho, ao qual respeita a classificação como Imóvel de Interesse Público, levanta-se sobre uma plataforma de três degraus quadrangulares, de arestas chanfradas. Consta de base, coluna, remate e grimpa. A base é constituída por um paralelepípedo com faces ornadas de uma almofada incisa, com moldura de fruste concepção e talhe. Daqui irrompe o fuste, torso, composto por grossos toros de torção muito acentuada, e rematado por um último troço cilíndrico, decorado com quatro losangos pouco concordantes com o estilo que se pretendeu emular, e rematado em secção quadrada. Os dois troços da coluna são separados por um anel saliente, liso. O remate quadrangular do fuste faz as vezes de capitel, encimado por um ábaco saliente, de onde se projecta uma pirâmide quadrada, de topo truncado. Sobre esta assenta um pequeno tabuleiro, reproduzindo o ábaco do incipiente capitel, e por fim um pináculo cónico, compondo a pinha do pelourinho. A grimpa é uma esfera armilar.
Os fragmentos do pelourinho velho foram vendidas em hasta pública pela vereação, tendo-se pontualmente encontrado algumas peças, nomeadamente o remate e três troços do fuste, em casas particulares. Foram guardados no edifício camarário em 1931. SML (IPPAR)


publicado por Albano Nascimento às 00:01
link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 4 de Setembro de 2011

SANTA COMBA DÃO - Viseu

Sta Coma Dão -Viseu

FOTOS de Albano Nascimento

                               

As primeiras referências a Santa Comba Dão datam ainda do século X, quando a localidade integra o conteúdo de duas cartas de doação ao Mosteiro de Lorvão. Permaneceu durante mais de cinco séculos na posse dos Bispos de Coimbra, tendo recebido carta de foral apenas em 1514, das mãos de D. Manuel. Um primeiro pelourinho, conservado até finais do século XIX, terá sido erguido na sequência da atribuição do foral manuelino, estando hoje substituído por um monumento revivalista, cópia pouco fiel do original.
O pelourinho quinhentista, que uma fotografia contemporânea da sua destruição permite conhecer, era composto por um fuste torso, constituído por quatro toros lisos espiralados à esquerda, e rematado por ábaco circular e capitel decorado com motivos vegetalistas, onde assentava um pináculo cónico igualmente torso. Um pelourinho semelhante, feito de resto à sua imagem, pode ainda ser apreciado na vizinha localidade de São João de Areias. Estava erguido no largo fronteiro à antiga Casa do Concelho, hoje Largo Engenheiro Urbano, e foi destruído aquando da tentativa de transferência para o local actual, onde fica o edifício da Câmara Municipal de Santa Comba Dão. O monumento actual foi construído de imediato, pelo pedreiro João Lima, encarregado do falhado apeamento da picota. Embora se tenha desejado uma cópia do monumento manuelino, o resultado pode ser meramente entendido como uma evocação revivalista e pouco hábil do mesmo.
O novo pelourinho, ao qual respeita a classificação como Imóvel de Interesse Público, levanta-se sobre uma plataforma de três degraus quadrangulares, de arestas chanfradas. Consta de base, coluna, remate e grimpa. A base é constituída por um paralelepípedo com faces ornadas de uma almofada incisa, com moldura de fruste concepção e talhe. Daqui irrompe o fuste, torso, composto por grossos toros de torção muito acentuada, e rematado por um último troço cilíndrico, decorado com quatro losangos pouco concordantes com o estilo que se pretendeu emular, e rematado em secção quadrada. Os dois troços da coluna são separados por um anel saliente, liso. O remate quadrangular do fuste faz as vezes de capitel, encimado por um ábaco saliente, de onde se projecta uma pirâmide quadrada, de topo truncado. Sobre esta assenta um pequeno tabuleiro, reproduzindo o ábaco do incipiente capitel, e por fim um pináculo cónico, compondo a pinha do pelourinho. A grimpa é uma esfera armilar.
Os fragmentos do pelourinho velho foram vendidas em hasta pública pela vereação, tendo-se pontualmente encontrado algumas peças, nomeadamente o remate e três troços do fuste, em casas particulares. Foram guardados no edifício camarário em 1931. SML (IPPAR)


publicado por Albano Nascimento às 00:01
link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 25 de Agosto de 2011

CANAS de SANTA MARIA - Tondela

FOTO de Albano Nascimento

                                      Canas de Sabugosa foi couto dos Bispos de Viseu, e assumiu a dada altura o estatuto de concelho, com justiças próprias, embora nunca recebesse carta de foral, quer dos seus donatários quer da Coroa. Foi extinto no século XIX, e integrado em Tondela. Possui um pelourinho, monumento aparentemente seiscentista, que se ergue no largo que dele tomou a designação.
Ergue-se sobre um soco de três degraus quadrados, de aresta, em granito toscamente aparelhado, sobre uma plataforma talhada na mesma pedra e quase inteiramente embebida no terreno. A coluna encaixa directamente no degrau superior, sendo constituída por fuste de secção quadrada na base e topo, transformando-se em oitavado no resto do tronco, através da aplicação de um chanfro estreito a toda a altura. É encimado por um pequeno ábaco quadrangular, que sustenta o remate, em curto tronco piramidal embolado. A bola não é perfeita, mas antes resulta do adoçamento dos contornos de um pequeno bloco quadrangular. O conjunto é muito singelo, aparentado a outros na região, embora mais atarracado e mal resolvido; vejam-se, por exemplo, os pelourinhos de São João do Monte ou do Ladário. SML

IPPAR

             

sinto-me:

publicado por Albano Nascimento às 00:01
link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 10 de Agosto de 2010

TONDELA - Viseu

TONDELA - Viseu

FOTO de Albano Nascimento

     

            Situa-se no Largo da Câmara, reconstruído em 1933/1939, com aproveitamento de base e fuste do primitivo pelourinho.
O actual pelourinho de Tondela encontra-se ao fundo da Rua Dr. Simões de Carvalho, no largo da Câmara Municipal de Tondela. Foi reconstruído no século XX (1930-1933) por Manuel Tôrto, e enquadra-se na tipologia da arquitectura civil, revivalista, aos pelourinhos de bola. Três degraus octogonais de faces lisas com a face superior em direcção à coluna.
Coluna: Base-Prisma octogonal de faces lisas, tendo molduras octogonais rectilíneas, com ligeiro filete a procedê-los nos dois extremos. Fuste-De superfície lisa, octogonal, ligeiramente galbado. Capitel-Constituído pela sobreposição de várias molduras octogonais circundantes de tamanho crescente até à concordância de peça de remate.

sinto-me:
tags: ,

publicado por Albano Nascimento às 07:20
link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 8 de Agosto de 2010

TONDELA - Viseu

TONDELA - Viseu

  TONDELA - Viseu

FOTO de Albano Nascimento

Situa-se no Largo da Câmara, reconstruído em 1933/1939, com aproveitamento de base e fuste do primitivo pelourinho.
O actual pelourinho de Tondela encontra-se ao fundo da Rua Dr. Simões de Carvalho, no largo da Câmara Municipal de Tondela. Foi reconstruído no século XX (1930-1933) por Manuel Tôrto, e enquadra-se na tipologia da arquitectura civil, revivalista, aos pelourinhos de bola. Três degraus octogonais de faces lisas com a face superior em direcção à coluna.
Coluna: Base-Prisma octogonal de faces lisas, tendo molduras octogonais rectilíneas, com ligeiro filete a procedê-los nos dois extremos. Fuste-De superfície lisa, octogonal, ligeiramente galbado. Capitel-Constituído pela sobreposição de várias molduras octogonais circundantes de tamanho crescente até à concordância de peça de remate.

sinto-me:
tags: ,

publicado por Albano Nascimento às 07:11
link do post | comentar | ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 27 de Julho de 2010

VILA COVA à COELHEIRA - V.N. de Paiva

VILA NOVA á COELHEIRA - V.N. de Paiva

FOTO de Albano Nascimento


publicado por Albano Nascimento às 09:08
link do post | comentar | ver comentários (3) | Adicionar aos favoritos
Sábado, 24 de Julho de 2010

PEVA - Moimenta da Beira

PEVA - V. N. de Paiva

FOTO de Albano Nascimento


publicado por Albano Nascimento às 09:01
link do post | comentar | ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Sábado, 3 de Julho de 2010

SILVÃ de CIMA - Satão

SILVÃ de CIMA - Satão

FOTO de JP Nascimento


publicado por Albano Nascimento às 00:01
link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 1 de Julho de 2010

SILVÃ - Satão - Viseu

Silvã - Satão - Viseu 

FOTO de J P Nascimento


publicado por Albano Nascimento às 00:01
link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 2 de Março de 2010

FERREIRIM - Lamego - Viseu

FERREIRIM - Lamego - Viseu

FOTO de Albano Nascimento


publicado por Albano Nascimento às 00:01
link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 12 de Novembro de 2009

MOIMENTA DA BEIRA,VISEU

 


publicado por Albano Nascimento às 00:01
link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 5 de Novembro de 2009

MOIMENTA da BEIRA - Viseu ( RÉPLICA )

Moimenta da Beira, Viseu

FOTO de Albano Nascimento


publicado por Albano Nascimento às 00:05
link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 1 de Novembro de 2009

MOIMENTA da BEIRA - Viseu ( RÉPLICA )

Moimenta da Beira, Viseu  Moimenta da Beira, Viseu

FOTO de Albano Nascimento

 


publicado por Albano Nascimento às 23:51
link do post | comentar | ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 21 de Outubro de 2009

SENDIM - Tabuaço

 

SENDIM - Tabuaço

FOTO de  Albano Nascimento

      Sendim (ou Sandim) foi couto dos Senhores de Leomil, cujo senhorio, efectivamente anterior à doação do Conde D. Henrique e D. Teresa, se estendia por grande parte do actual concelho de Tabuaço. Atribui-se-lhe por vezes carta de aforamento de D. Afonso Henriques, e igualmente foral de D. Afonso III, dado em 1250, mas não existe qualquer referência documental quer a um quer a outro. Ainda assim, Sendim foi concelho, com câmara referenciada no início do século XVIII, sendo extinto em 1836 e integrado em Tabuaço. A freguesia foi elevada a vila em 2001. Conserva ainda um pelourinho, cuja tipologia segue a de alguns exemplares quinhentistas.
O pelourinho levanta-se num largo da vila, na vizinhança da Igreja Matriz. Assenta sobre plataforma de três degraus quadrados, de aresta, o superior servindo de plinto à coluna. Esta tem fuste de secção quadrada na base, seguindo a partir daí com secção octogonal, conseguida através da chanfradura das arestas. Retoma a secção quadrada junto do topo, que faz vezes de singelo capitel. O remate consta de uma grande peça em taça de secção quadrangular, com decoração de difícil leitura, mas onde parece existir parte de uma esfera armilar. Sobre este bloco elevam-se quatro pináculos cantonais, em pirâmide decorada com quatro registos de ressaltos e remate boleado.
Ainda que não tenha existido foral de D. Manuel, o monumento poderia ter sido construído no primeiro quartel do século XVI, visto ser concordante com a tipologia de outros pelourinhos do período. Parece confirmar esta datação a presença dos vestígios de uma esfera armilar, o emblema pessoal deste monarca, reiteradamente aposto nas obras oficiais do seu reinado.
Sílvia Leite ( IPPAR )

 

 


publicado por Albano Nascimento às 00:01
link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 20 de Outubro de 2009

SENDIM - Tabuaço

SENDIM - Tabuaço

 

FOTO de Albano Nascimento

 


publicado por Albano Nascimento às 00:01
link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 19 de Outubro de 2009

SENDIM - Tabuaço

SENDIM - Tabuaço

 

FOTO de Albano Nascimento

 


publicado por Albano Nascimento às 00:01
link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 18 de Outubro de 2009

SENDIM - Tabuaço

SENDIM - Tabuaço

FOTO de Albano Nascimento


publicado por Albano Nascimento às 00:01
link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 16 de Outubro de 2009

SENDIM - Tabuaço

SENDIM - Tabuaço

 

FOTO de Albano  Nascimento

 


publicado por Albano Nascimento às 00:01
link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

.Mais sobre mim


. Ver perfil

. Adicionar como amigo

. 10 seguidores

.Pesquisar neste blog

 

.links

.arquivos

. Fevereiro 2018

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

.LUMBUDUS

blog-logo

.Fevereiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.Visitas online

SAPO Blogs